CCR RodoNorte

Investimentos

Desde o início da concessão, a CCR RodoNorte já investiu cerca de R$ 2 bilhões, principalmente em obras de grande porte. Os investimentos deram confiabilidade, fluidez, segurança e estabilidade ao sistema rodoviário paranaense, garantindo a movimentação de cargas e da população usuária das rodovias.

Principais obras realizadas pela CCR RodoNorte:

De 1998 até 2014, importantes investimentos foram realizados através do contrato de concessão; a CCR RodoNorte concluiu o programa de reconstrução das rodovias, contemplando a restauração de todo o sistema rodoviário que integra o Lote - 732 quilômetros equivalentes/pista com duas faixas; o reforço e alargamento de 52 obras de arte especiais (pontes e viadutos). Foram ainda duplicados 51,60 quilômetros de rodovias e implantadas 12 passarelas, 3 quilômetros de vias marginais, 86 quilômetros de terceiras faixas, 256 quilômetros de novos acostamentos e 19 quilômetros de novas faixas para paradas em pontos de ônibus. No que tange às edificações operacionais foram construídos 6 postos de pesagem, 7 bases operacionais de atendimento (base SOS Usuário), 3 novos postos da polícia rodoviária e 2 centros de apoio ao usuário. Totalizando um investimento de R$ 2 bilhões em obras.

 

Duplicação da BR 277 (Contorno de Campo Largo)

Em 2012, decorrente de negociações junto ao Governo do Estado do Paraná, a CCR RodoNorte iniciou as obras do contorno de Campo Largo, já concluído e entregue ao tráfego em 17 de junho de 2014, contemplando 10,88 quilômetros de novas pistas, bem como a adequação de 2 (dois) viadutos existentes, a implantação de 2 (duas) novas trincheiras, 1 (um) novo viaduto e 1 (uma) nova ponte (Ponte sobre o Rio Itaqui).

 

OBRAS EM ANDAMENTO:

Duplicação da BR 376 (Rodovia do Café)

Em 2014 foram iniciadas as obras de Duplicação da BR 376 (Rodovia do Café). Os trabalhos foram iniciados a partir de Ponta Grossa em direção ao Norte do Paraná, com 11 quilômetros de rodovia mais uma ponte sobre o Rio Tibagi, enquanto outros trechos estão em fase de projeto junto ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER). A partir de 2015 serão duplicados, em média, 30 quilômetros por ano. Está prevista, conforme o cronograma de investimentos vigente, a duplicação de 271 quilômetros na rodovia BR 376 – ligando Apucarana a Ponta Grossa.

 

Duplicação da PR 151 (Senador Flávio Carvalho Guimarães)

Na PR 151, a obra de Duplicação também já começou, em março de 2014, a partir do Entroncamento de Jaguariaíva. Há previsão contratual de mais 40 quilômetros de Duplicação, até a cidade de Piraí do Sul, formando um importante corredor rodoviário da divisa com São Paulo até Curitiba. O Entroncamento vai interligar as rodovias PR 151 (Piraí do Sul – Jaguariaíva – Sengés) e a PR 092 (Jaguariaíva – Arapoti). Todos os cruzamentos serão em desnível, com viaduto e alças separando o fluxo de cada uma das direções. Desta forma, tanto a passagem quanto o acesso ficarão também mais ágeis para os usuários das rodovias. A obra está sendo realizada com recursos da concessão.

O trevo já era previsto no contrato de concessão e faz parte do conjunto de intervenções para a Duplicação da PR 151. Seu custo é de R$ 21 milhões. Entre os serviços estão o alargamento do atual viaduto sobre a linha férrea e a construção de um novo viaduto, com cem metros de extensão. O local também recebe a construção de aterros e ampliação de faixas para dar fluidez em todos os sentidos. Assim que concluído, será possível realizar todas as conversões em desnível, reduzindo drasticamente o risco de acidentes e o tempo de passagem.

Benefícios da Concessão

Rodovias bem conservadas fomentam o turismo, atraem novas indústrias, facilitam a movimentação de cargas e melhoram o escoamento da produção agrícola e industrial do Estado.

A CCR RodoNorte tem prestado auxílio fundamental para a instalação de indústrias e prospecção de negócios por parte dos poderes públicos, estadual e municipais. Isso ocorre no suporte para a facilitação de acessos às indústrias a serem instaladas em áreas ao longo dos trechos, cessão de projetos de engenharia para prefeituras e também na garantia de escoamento da produção industrial. Não raro, a qualidade das rodovias é apontada como fundamental para a escolha de áreas para instalação de novas plantas industriais.

É importante lembrar que todos os investimentos, já realizados e aqueles a realizar, estão dispostos de acordo com o cronograma de obras estabelecido pelo Governo do Estado do Paraná/Departamento de Estradas de Rodagem.